-   -  Wednesday 22nd of May 2019 -  www.kaluach.org

Quem esta on-line

Nós temos 88 visitantes online

Facebook Friends

Connect with Facebook
Home Auto-ajudaica Vaidade x Auto-estima
Adicione no Facebook Adicione no MySpace Siganos no Twitter Veja os videos no Youtube
Vaidade x Auto-estima PDF Imprimir E-mail
Escrito por Paulinho Rosenbaum   
Qui, 09 de Fevereiro de 2012 09:59
AddThis Social Bookmark Button

O psicologo Flávio Gigovate disse na TV que falta de auto-estima pode gerar vaidade e que os valores que geravam auto-estima positiva no individuo  como o aconchego familiar, o estimulo para que ele/a cumpra seu papel na sociedade e seja bem aceito como tal, que não seja perfeito mas dê o seu melhor, saiba lidar com frustrações e insucessos - foram trocados por falsos estimulos, para tentar ser o mais talentoso, mais rico, mais sarado, mais esperto, mais bem sucedido.

E se algo der errado... o individuo tentará recorrer a estimulos exteriores, em geral providos pela tecnologia, por símbolos de status, pelas aparências e quando não pelas drogas, para suprir uma baixa-estima adquirida como consequencia de resultados que não satisfizeram suas expectativas.

Como o Judaismo lida com o tema da Auto-estima x Vaidade?

A premissa básica do Judaismo, com a Criação de um primeiro homem e de uma primeira mulher por D-us, é de que todos são importantes, todos contam, todos tem uma missão especial nesta vida e todos vieram para este mundo porque tem algo de bom que só esta pessoa possa fazer, e tikunim (reparos na personalidade) que esta pessoa precisa fazer - e que Hashem lhe proverá os meios necessários para que ela possa atingir seus objetivos com sucesso.

Isto significa que a auto-estima positiva está ao alcance de todos. É só ter fé e ir atrás!

O auto-conhecimento e não atribuição a si mesmo de tarefas ou missões impossíveis com o objetivo de ser aceito ou admirado pela sociedade, é um grande companheiro da auto-estima positiva.

Nossos sábios dizem que Hashem não dá às pessoas tarefas ou missões que elas não consigam fazer ou que não tenham os meios para isso. D-us quer motivar no ser humano a auto-estima positiva, preenchendo sua vida com valores que o ajudem a passar por esta vida com sucesso e felicidade.

Vejam este exemplo: 9 judeus que sejam sábios, ricos e famosos não completam um Minian - o quorum necessário para ler a Torá e recitar algumas partes da reza que exigem um um mínimo de 10 judeus com mais de 13 anos de idade. Contudo... uma pessoa "simples", de acordo com os padrões materialistas de hoje, se for o décimo a completar este Minian, sentirá uma enorme sensação felicidade por have-lo feito. Isto é auto-estima positiva!

Auto-estima positiva é algo simples de ser conseguido, mantido e preservado por toda a vida!

E pensar que a buscamos comprando um carro mais caro, um apartamento que os outros invejem,  uma mulher mais bonita para que pensem sermos os donos do pedaço, ou adquirindo bens que a publicidade na TV garante que nos farão se sentir melhor e mais felizes.

Diz a Ética Judaica (Pirkei Avot): "Não olhe para o recipiente mas para o que ele contém!"

A pessoa que sente prazer pela vida e gratidão a Hashem por isto, terá uma boa auto-estima, enquanto quem espera ser venerado, agraciado, que busca estímulos externos e simbolos de status para sentir-se importante e querido, pode ser muito vaidoso, mas também pode ter uma baixíssima auto-estima.

Tropicasher é Shalom Geral, bom astral e auto-estima virtual.

Aproveite!

 

 

 

 

 

 

 

 

LAST_UPDATED2
 

Banners

Banner


Guper, website, sistemas web e mídias sociais