-   -  Sunday 19th of May 2019 -  www.kaluach.org

Quem esta on-line

Nós temos 107 visitantes online

Facebook Friends

Connect with Facebook
Home Rabino Virtual Os Dez Mandamentos no Judaísmo
Adicione no Facebook Adicione no MySpace Siganos no Twitter Veja os videos no Youtube
Os Dez Mandamentos no Judaísmo PDF Imprimir E-mail
Escrito por Paulinho Rosenbaum   
Qua, 26 de Agosto de 2015 12:08
AddThis Social Bookmark Button

GRUPO NO FACEBOOK SOBRE ESTE TEMA

NO SEU ASPECTO JUDAICO

ALMA DESHIKRA - MUNDO DA MENTIRA

Este postulado talmúdico pode ser bem constatado nesta novela.

Alma deShikra refere-se a tudo aquilo que este mundo oferece a quem parece não merecer, ou àquilo que nos é encoberto pelo mundo da Verdaded - Olam haEmet, onde Reina Hashem e Sua Torá [Instrução].

 

Quando vemos alguém como o faraó deixando-se levar ou enganar pelo próprio poder material ou pelo poder de deuses em forma animal ou humana, devemos esperar que em determinado momento o mundo da Verdade tomará as rédeas e ser-lhe-á mostrado o lado verdadeiro das coisas. Moisés fez isso de duas formas: chamando-o à razão através de uma conversa franca e - quando isso não funcionou - através as pragas.


A Torá nos chama inúmeras vezes à reflexão sobre os caráteres deste mundo:quantos Faraós, quantas Nefertaris e quantas Yunets que parecem estar se dando vem vida a fora nos deixam em situação de pleno desconsolo. Contudo... a mentira tem perna curta e se esvai como fuligem ao vento. Já a Verdade, é duradoura e há de nos presentear com o que o mundo tem de melhor se nos munirmos com a devida paciência.

 

PERFIL: BÁTIA, MÃE ADOTIVA DE MOISÉS

Na novela: Henutmire [onde raios eles acharam esse nome?]
Era filha e não irmã do faraó, no caso Ramsés II - não o primeiro.

Não foi atingida por nenhuma praga; tendo o mesmo destino e bençãos dos Hebreus desde o dia em que salvou Moisés.

Deixou o Egito junto com o povo judeu e casou-se com Caleb,

 

A QUARTA PRAGA FOI  NA VERDADE DE ANIMAIS SELVAGENS!

A Novela copiou o erro da tradução britânica da Torá, para "Moscas"

Na quarta praga, Hashem trouxe uma MESCLA [AROV] de feras selvagens como Gorilas, Crocodilos, Leões, Ursos etc que atacaram os egípcios impiedosamente. Por que? Porque os egípcios trataram os hebreus como animais

Assim como nas outras pragas, D-us fez milagres dentro de cada milagre. Eis a ordem das pragas como elas realmente ocorreram:

 

Águas em sangue דָם (Dam)

Rãs צְּפַרְדֵּעַ (Tsifardeah)
Piolhos כִּנִּים (Kinim)
Animais selvagens עָרוֹב (Arov)
Doenças nos animais דֶּבֶר (Dever)
Sarna que rebentava em úlceras שְׁחִין (Shkhin)
Chuva de granizo בָּרָד (Barad)
Gafanhotos אַרְבֶּה (Arbeh)
Trevas חוֹשֶך (Choshech)
Morte dos primogênitos מַכַּת בְּכוֹרוֹת (Makat b'chorot)

***

PRAGA DO SANGUE: DAM

NA NOVELA: o faraó vai caçar no Nilo [caçar o que?], daí vem Moisés e Aarão, tocam as águas e vira sangue.

NA TORÁ: O Faraó vai cedinho ao Nilo para fazer suas necessidades dentro da água.

 

Como ele se achava deus, não queria que os egípcios descobrissem que tem necessidades humanas.

Por isso Hashem manda Moisés e Aarão irem logo cedinho ter com o Faraó no seu.... "banheiro"

Segundo a tradição judaica, se um judeu colocasse uma caneca ou mesmo as mãos espalmadas nesta água sangrenta..., ele receberia água pura.

Concomitantemente, se um egípcio colocasse suas mãos ou caneca por baixo das mãos do judeu, viraria sangue novamente.

Foi ESTE o grande milagre: demonstrar que D-us guia cada molécula da existência e a direciona do modo que quer, segundo a Sua Vontade.

 

LAST_UPDATED2
 

Banners

Banner


Guper, website, sistemas web e mídias sociais