-   -  Sunday 09th of May 2021 -  www.kaluach.org

Quem esta on-line

Nós temos 31 visitantes online

Facebook Friends

Connect with Facebook
Home Festas Judaicas LAG BAOMER!!
Adicione no Facebook Adicione no MySpace Siganos no Twitter Veja os videos no Youtube
LAG BAOMER!! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Paulinho Rosenbaum   
Sex, 23 de Abril de 2010 02:25
AddThis Social Bookmark Button

No dia 18 de Yiar contamos 33 dias do Ômer, representados em Hebraico pelas letras Lamed e Guimel, que formam a sigla LA"G e cujo valor numérico é 33. Daí o nome de Lag Baômer.

Em 5775 (2015) cai de Quarta para Quinta 07/05.

É um dia de festa, que interrompe o luto observado até este dia por causa da epidemia que matou os 24 mil alunos de Rabi Akiva.

Neste dia faleceu Rabi Shimon bar Iochai, que não morreu na epidemia e foi aluno de Rabi Akiva.

Bar Iochai escreveu o Zohar, livro base da Cabalá, a parte oculta da Torá.

Aqueles 24 mil sábios pareciam muito com alguns ortodoxos de hoje que ostentam barba, chapéu e capota, sabem pouco de Torá, mas sabem fazer discursos que arrebatam "óóóhs" da platéia e gordas doações, mas que são fracos de espírito. Alguns são até contra Israel e o Sionismo.

 

Hashem é mais rigoroso com os Tsadikim (justos) do que com leigos, por isso os castiga veementemente quando passam por cima de uma lei da Torá.

— Então não estudo mais Torá, assim não levo na cabeça.

— Ledo equívoco. Isso é o mesmo que dizer que não vai à escola para não ser reprovado nos exames, ou que não trabalha para não ser despedido. A Torá é o veículo de evolução espiritual do Judeu nesse mundo. O que estudamos e praticamos aqui, colhemos no Mundo Vindouro.

O "castigo" é uma espécie de favor que Hashem faz para o Tsadik, fechando a conta para ele neste mundo. Assim ele recebe na íntegra todo o benefício que Hashem reserva a ele no Mundo Vindouro (Olam Habá).

Se você vê que uma pessoa não se esforça para evoluir espiritualmente, melhorar sua conduta, se aproximar de Hashem, e esta pessoa vive no bem bom, isto pode ser mau sinal.

HaShem pode estar dando a ela o seu Mundo Vindouro aqui neste mundo.

Rabi Shimon Bar Iochai viveu a sua vida estudando Torá, cumprindo mitsvót e boas ações.

Por isso, decretou que no dia de sua morte (Yurtzeit em Ídish e Hilulá em Hebraico) os judeus deveriam cantar e dançar, para que saibam que se uma pessoa leva uma vida dedicada a HaShem, sua morte não é um separação deste mundo, mas uma junção ao Mundo Espiritual, onde HaShem se revela e tudo se sabe.

"LAG" é uma sigla de duas letras em Hebraico (L"G):

"Lamed" - cujo valor numérico é 30,

"Guimel" - cujo valor numérico é 3.

Então o valor numérico de LA"G = 33.

* Lamed também é a letra que designa o LIMUD (estudo) da Torá.

* Guimel também é a letra que designa o GUEMUL (recompensa).

LAMED + GUIMEL (LIMUD + GUEMUL) = LA"G (33)

HsShem recompensa quem estuda Torá.

Isso foi o que Rabi Shimon Bar Iochai quis dizer quando pediu para a gente cair na onda em Lag Baomer, dia de sua Hilulá (Yurzeit).

Costumes de Lag BaOmer:

* Fazer fogueira e assar uns cacarecos casher comíveis na fogueira, com a rapaziada em volta entoando cantigas hebraicas.

* Brincar de arco e flecha. O arco representa a Torá, e a flecha, as mitsvót.

 

SAMBÃO TROPICASHER DE LAG BAÔMER:

(de Elisheva Oren)

Hoje é dia de Rabi Shimon Bar Iochai (4x)

Saudades deste Tsadik, puro da cabeça aos pés...

Tesouro, você vale ouro...

Agradeço Hashem porque te fez...

Hoje é dia de Rabi Shimon Bar Iochai (2x)

eu disse... Hoje é dia de Rabi Shimon Bar Iochai (4x)

ESTE TROPICASHER É DEDICADO A RABI SHIMON BAR IOCHAI

 

 

LAST_UPDATED2
 

Banners

Banner


Guper, website, sistemas web e mídias sociais